Mesmo com a boa vitória por 3 a 0 sobre o Fluminense, o técnico Gaúcho ainda não tem a confiança da diretoria do Vasco para ser o comandante do time durante o Campeonato Brasileiro. Assim, o presidente Roberto Dinamite ainda tenta fazer contato nesta segunda-feira com Abel Braga, atualmente nos Emirados Árabes, para trazê-lo a partir de maio.

A diretoria fez um primeiro contato com Abel, técnico do Al Jazira, através do empresário Carlos Leite. A esperança vascaína é que o técnico deseja retornar ao Brasil, pois sua família está no Rio de Janeiro. Mas o grande empecilho é o vínculo do treinador com o clube árabe, que vai até maio de 2011. A multa rescisória é de US$ 2 milhões (cerca de R$ 3,7 milhões).

Enquanto isso, Gaúcho segue comandando os profissionais e terá um time de ânimo renovado para tentar a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil. Na quarta-feira, o Vasco enfrenta o ASA (Alagoas), às 21h50, em São Januário, e precisa apenas de um empate por 0 a 0 para avançar.