Em confronto direto na parte de baixo da tabela, Avaí e Vasco empataram em 1 a 1 na Ressacada, em Florianópolis, neste domingo pela manhã, pela 29ª rodada do Brasileirão. Os gols foram marcados por Nenê, de pênalti, e André Lima, jogador avaiano que saiu do banco para igualar no fim da partida. Com o ponto, os catarinenses foram aos 33 e subiram para 14º na classificação. O Vasco permanece em 19º, com 27 pontos.

A falta de vias de acesso para a Ressacada manteve boa parte dos torcedores avaianos no trânsito enquanto o árbitro apitava o início do jogo. Aos sete minutos, o Vasco chegou com perigo e Leandrão acertou a trave após passe de Andrezinho. A resposta veio um minuto depois, quando Léo Gamalho dominou cruzamento que veio da direita e mandou no canto de Martín Silva, que fez boa defesa.

A partir daí, o jogo perdeu ritmo e só foi esquentar aos 43 minutos. Leandrão entrou na área, pela esquerda, e o meia Marquinhos roubou a bola de carrinho. Na hora de levantar a redonda bateu nos dois braços do jogador e o juiz apitou pênalti. Nenê cobrou e colocou os visitantes na frente.

Com a desvantagem, o Avaí veio pra cima na segunda etapa. Aos 12 minutos, Anderson Lopes chutou cruzado e a bola passou rente à trave. Mesmo pressionando, os catarinenses buscavam a todo momento o empate. Aos 28 minutos, conseguiram a penalidade, quando a bola bateu na mão de Madson fazendo o apito soar. Depois de muita reclamação dos vascaínos, Léo Gamalho foi pra cobrança e isolou.

Com o erro, o técnico Gilson Kleina foi para o tudo ou nada e colocou o atacante André Lima no lugar do volante Renan. E deu certo. Aos 40 minutos, o atacante recebeu na área e tocou colocado para vencer Martín Silva e empatar o jogo. O goleiro vascaíno ainda faria um milagre nos minutos finais.

Na próxima rodada o Avaí vai ao Recife enfrentar o Sport, na Ilha do Retiro. Jogo marcado para às 19h30 de quarta-feira, dia 14. Na quinta, dia 15, o Vasco joga em casa, contra a Chapecoense, a partir das 19h30.

FICHA TÉCNICA:

AVAÍ 1 X 1 VASCO

AVAÍ – Vagner; Nino Paraíba, Antonio Carlos, Jubal, Romário; Renan (André Lima), Eduardo Neto, Everton Silva (Tinga), Marquinhos (Renan Oliveira); Anderson Lopes e Légo Gamalho. Técnico: Gilson Kleina.

VASCO – Martín Silva; Madson, Rodrigo, Rafael Vaz, Julio Cesar; Bruno Gallo (Serginho), Julio dos Santos, Andrezinho, Nenê; Jorge Henrique (Rafael Silva) e Leandrão (Anderson Salles). Técnico: Jorginho.

GOL – Nenê, aos 44 minutos, do primeiro tempo. André Lima, aos 40 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Marquinhos, Everton Silva, Romário, Vagner (Avaí); Bruno Gallo, Andrezinho, Martín Silva (Vasco).

CARTÃO VERMELHO – Romário (Avaí); Jorge Henrique, Rafael Silva (Vasco).

ÁRBITRO – Luís Teixeira Rocha (RS).

PÚBLICO – 14.582 pessoas.

RENDA – R$ 318.992,00.

LOCAL – Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).