O Paraná Clube perdeu um grande profissional e dificilmente encontrará um substituto à altura de Claudinei Oliveira. Acompanhando o trabalho diário do treinador, seja dentro e fora de campo, o clube ficará refém desta saída.

Claudinei Oliveira conseguiu evitar grandes crises no elenco e foi por ele que o grupo se fechou.

Ouvi de torcedor, conselheiro e até mesmo diretor a mesma frase. “O Paraná está hoje sobrevivendo graças ao Claudinei”. Vi o profissional carregando mala de viagem, recolhendo sujeira no gramado e até mesmo levando roupa para atleta, um exemplo que levo adiante e percebo que o futebol pode estar junto de grandes pessoas e amigos.

Quanto ao futuro do Tricolor, o ex-treinador deixou muitos frutos e o trabalho com os jovens foi espetacular. Alisson, Marcos Serrato, Lucas Pará, Leandro Vilela, Murilo e Yan apareceram entre os profissionais e viraram realidade. Tomara que o Paraná consiga sair fortalecido desta e aposte em um técnico com mesmo perfil. Luciano Gusso era o braço direito de Claudinei Oliveira, e seria uma opção inteligente da diretoria. A chegada de um novo treinador ficaria complicada porque não conhece o elenco e as dificuldades diárias do Tricolor.

Paraná Online no Facebook