Foram quase quatro horas e meia de batalha, mas o espanhol Fernando Verdasco pôde vibrar na noite desta terça-feira com uma virada incrível sobre o compatriota David Ferrer. Para avançar às quartas de final do US Open, o oitavo favorito do Grand Slam norte-americano venceu por 3 sets a 2, com parciais de 5/7, 6/7 (8/10), 6/3, 6/3 e 7/6 (7/4).

Diante do cabeça de chave número 10 no piso duro de Nova York, Verdasco fez um jogo épico. Mesmo após a derrota no extenuante segundo set, com 1h11 de duração, o tenista encontrou forças para correr atrás do prejuízo. Ferrer, apesar da derrota, manteve o duelo equilibrado até o fim, mostrando nítido desgaste físico nos últimos pontos.

Verdasco saiu vencedor mesmo errando muito mais que o adversário. Foram 89 erros não forçados, contra 49 de Ferrer. Para compensar, o tenista desequilibrou nas trocas de bola, já que ambos tiveram aproveitamentos parecidos no primeiro e segundo saques. O número 8 do mundo conquistou 73 winners, enquanto Ferrer marcou 38.

Nas quartas, Verdasco promete ter ainda mais dificuldade. Ele vai encarar o vencedor do confronto entre o seus compatriotas Rafael Nadal, primeiro favorito do torneio, e Feliciano Lopez. Caso dê a lógica, ele terá que buscar uma vitória inédita contra Nadal, para o qual já perdeu dez vezes.