O zagueiro Victorino, do Palmeiras, disse nesta segunda-feira que a chegada do técnico Dorival Junior trouxe um ambiente melhor para o clube. O jogador explicou que a equipe já demonstrou evolução dentro de campo logo na estreia do treinador, quando jogou por 30 minutos com um a menos em campo e ainda assim segurou o empate neste domingo por 1 a 1 com o Atlético-PR, em Curitiba, pelo Campeonato Brasileiro.

O resultado fez o Palmeiras voltar a pontuar como visitante depois de três meses e tirou o time da zona de rebaixamento. “Sempre a mudança de treinador gera um ambiente diferente e de motivação, com um astral novo. Todos querem mostrar para o novo técnico que podem jogar e na hora da partida isso gera um compromisso muito bom dentro de campo”, explicou o zagueiro uruguaio.

Victorino deve ganhar chance como titular para o próximo jogo da equipe, na próxima quarta-feira, contra o Criciúma, no Pacaembu. Com as lesões de Lúcio (coxa esquerda) e Wellington (calcanhar esquerdo) o zagueiro vira a opção para formar a dupla da defesa central ao lado de Tobio e aposta em nova boa atuação da equipe. “A posse de bola melhorou nesse último jogo. Fomos mais incisivos, criamos mais chances e defensivamente o time estava mais sólido e compacto”, explicou.

O uruguaio evitou criticar o técnico anterior do Palmeiras, o argentino Ricardo Gareca, e disse que o time já vinha mostrando empenho anteriormente, apesar dos resultados ruins. A diferença com a chegada de Dorival é que o treinador conseguiu organizar a equipe e fazer com que ela criasse mais lances de perigo.