Sem jogar uma competição do circuito da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) desde 1999, o austríaco Thomas Muster volta nesta terça-feira, quando estreia no Torneio de Viena, na Áustria. Aos 43 anos, ele irá enfrentar o seu compatriota Andreas Haider-Maurer, que tem apenas 23 anos e ocupa o 157º lugar no ranking mundial.

Ex-número 1 do mundo, Muster entrou no Torneio de Viena como convidado da organização – não tem ranking. Ao longo da carreira, ele conquistou 44 títulos, incluindo o de Roland Garros em 1995. Deixou as quadras em 1999, mas, depois de passar anos jogando com veteranos, decidiu retornar ao circuito profissional em junho.

Agora, Muster tem sua primeira chance na ATP Tour, o circuito que reúne a elite do tênis. “Estou melhorando a cada dia, sentindo melhor a bola, acertando grandes jogadas”, contou o veterano tenista, que, desde que voltou a jogar profissionalmente, em junho, venceu apenas um dos sete jogos que fez em torneios de nível challenger.

Enquanto Muster estreia apenas nesta terça-feira, três jogos abriram o Torneio de Viena nesta segunda. E o destaque foi a vitória do alemão Philipp Kohlschreiber, que é o cabeça de chave número 7 da competição. Ele confirmou o favoritismo e derrotou o colombiano Alejandro Falla por 2 sets a 0, com parciais de 6/0 e 6/3.

Nos outros dois jogos do dia em Viena, o italiano Andreas Seppi derrotou o austríaco Martin Fischer por duplo 6/3 e o checo Jan Hajek ganhou do espanhol Pere Riba por 6/0 e 6/2.