Apresentado oficialmente pelo Palmeiras nesta segunda-feira, o lateral-direito Vítor chega ao clube com a responsabilidade de assumir a condição de titular de uma posição em que a rotatividade de jogadores tem sido grande. Para ele, o tempo de treinamentos que terá antes da estreia oficial pode ser decisivo para sua adaptação ao clube.

“Não posso jogar a Copa do Brasil porque joguei a primeira fase pelo Goiás então vou ter bastante tempo para me preparar bem para ajudar o Palmeiras com vitórias”, afirmou o lateral-direito, que só terá condições legais de jogar pelo clube paulista no dia 8 de maio, contra o Vitória, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

Vítor garante ter condições de vencer a disputa com Figueroa e Eduardo e assumir a condição de titular da lateral direita do Palmeiras. “Sei que a minha responsabilidade é grande, mas estou muito feliz de estar aqui”, afirmou o defensor, que assinou contrato por quatro anos com o time do Palestra Itália.

O lateral-direito se destacou no Goiás pelo seu estilo ofensivo, mas garantiu que também é um bom marcador. “No Goiás, eu sempre fui ofensivo por causa do esquema e me destaquei. Mas também sei jogar lá atras e independentemente do esquema vou estar pronto para ajudar”, comentou.