A diretoria do Vitória anunciou nesta quinta-feira a demissão do técnico Toninho Cecílio, um dia depois da equipe empatar com o Palmeiras por 1 a 1, no Estádio Barradão, em partida válida pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. O nome do seu substituto ainda não foi definido.

Toninho Cecílio chegou a comandar um treinamento na manhã desta quinta-feira, mas foi comunicado da sua demissão logo depois pelo presidente Alexi Portela. A queda de rendimento da equipe, que luta contra o rebaixamento no Brasileirão e foi eliminada da Copa Sul-Americana, pesou para a saída do técnico, que chegou ao clube baiano em agosto.

O treinador comandou o Vitória em nove partidas, com três vitórias, três empates e três derrotas. A equipe está na 15ª colocação no Brasileirão, com apenas 23 pontos, e voltará a jogar no sábado, em Volta Redonda, contra o Flamengo, em partida válida pela 21ª rodada do torneio.