A vitória contra a Portuguesa, ontem à noite, na Vila Capanema, fez o Atlético atingir seu objetivo basilar no Campeonato Brasileiro: se livrar do rebaixamento. Mesmo consolidado no G4, e cada vez mais perto da vaga na Libertadores da América, o técnico atleticano, Vagner Mancini, admitiu que a partir de agora o Rubro-Negro pode começar a falar grosso sobre G4, mas prevê muitas dificuldades para o Furacão conseguir a vaga na competição continental do ano que vem. “Sinceramente, acho que agora a gente pode falar de G4. A gente brigou muito para sair lá de baixo, e alcançamos rapidamente a parte de cima da tabela. Hoje, podemos nos dar o luxo de falar que, faltando 10 jogos, o Atlético vai brigar, sim, pela vaga na Libertadores. Essa posição que estamos é almejada por muitas equipes e temos agora a vantagem de oito pontos. Mas em uma semana são disputados nove pontos e teremos muitas dificuldades para manter essa posição até o final. Porém, a dificuldade será também das outras equipes em tirar essa diferença que temos”, avaliou Mancini.

Agora, faltando dez rodadas para o final do Campeonato Brasileiro, o treinador atleticano já tem pronta a meta do Rubro-Negro para voltar a disputar a Libertadores da América. De acordo com Mancini, serão necessárias pelo menos cinco vitórias para o Furacão conseguir permanecer no G4 do Brasileirão. “Estávamos em penúltimo e, de repente, estamos consolidados no G4 do Brasileiro. A gente entra na reta decisiva da competição e acredito que com mais cinco vitórias conseguiremos conquistar nosso objetivo. Temos que pensar jogo a jogo, mas temos certeza que estamos seguindo o rumo certo”, emendou o treinador atleticano.

Longe de repetir as grandes atuações que marcaram sua caminhada no comando do Atlético, Vagner Mancini enalteceu a vitória suada conquistada diante da Portuguesa, dentro de casa, e elogiou as qualidades do rival, que vem se recuperando dentro do Campeonato Brasileiro. “A Portuguesa está bem acertada, trabalha muito com a bola nos pés e ataca bastante. Não vencemos um jogo contra um adversário fraco. Foi um jogo difícil, mas felizmente tivemos um início de jogo muito bom. Fizemos 1 x 0 e tivemos duas ou três chances de ampliar. Alertei no intervalo a importância de fazermos o segundo gol, pois poderíamos encaixar melhor o time. O árbitro abusou nas faltas a favor deles e foram lances perigosos criados. O mais importante é que nós voltamos a vencer, chegamos aos 48 pontos e mantivemos a distância de oito pontos no G4”, concluiu Mancini.