A vitória paranaense mais importante da semana passada foi conseguida por Osceola, de criação do Haras Anderson, no Grande Prêmio Diana, corrido na Gávea, enquanto Perseverante, também de criação daquele estabelecimento de criação, venceu o clássico de Cidade Jardim. Destaque, ainda, para a vitória de Dragonet, do Haras Santarém, no GP Euvaldo Lodi, na Gávea.

Apresentamos, a seguir, a relação de animais paranaenses que venceram na Gávea, Cidade Jardim e Cristal, de acordo com pesquisa do colega Dalton Luiz Mehl Andrusko.

Gávea

Osceola, por American Gipsy e Speed Daughter (Rahy), de criação do Haras Anderson (Grande Prêmio Diana-Grupo 1); Dragonet, por Parme e Seam (Polish Navy), de criação e propriedade do Haras Santarém (Grande Prêmio Euvaldo Lodi-Grupo 3); Princess Woodman, por Roi Normand e Shoo Bee Doo (Woodman), de criação do Haras Anderson (Clássico Luiz Alves de Almeida); Ocean Height, por Know Heights e Opinião (Kurrupako), de criação do Haras São José da Serra; Frou-Frou Bê, por King of Steel e Era Uma Vez (Effervescing), de criação do Stud Nunes de Miranda; Papeete’s Girl, por Roi Normand e Inner’s Girl (Dodge) de criação do Haras Anderson; State of Mind, por Dodge e Sweet Mind (Baligh), de criação do Haras São José da Serra; Yazid, por Booming e Golden Sunset (Sunset), de criação do Haras Dar-El Salan; e Youthful, por Booming e Daluth (Youth), de criação do Haras Dar-El-Salam.

Cidade Jardim

Perseverante, por Dodge e Widowhood (Eastern Echo), de criação do Haras Anderson (Clássico João Carlos Leite Pentedado – L); Keep The Magic, por Magical Mile e La Heaven, de criação do Haras Três Pinheiros; Jimmy, por First American e Ceglanatis (Em-mson), de criação do Haras São Luiz; Mercantelista, por Baligh e Mezzavilla (Youth), de Carlos dos Santos; Johnny Cat, por Vuarnet e Uma-Gata, de criação do Haras Morro Vermelho; Bullfighter, por Braseante e Nursinga (Millenium), de criação da TBS; Relax Sola, por Vuarnet e Great Sola (Duke of Marmalade), de criação do Haras Valente.

Cristal

Jack Man, por Clackson e Sweet Child (Pancho Villa), de criação do Haras Anderson.