Nas últimas reuniões de São Paulo e Rio de Janeiro, venceram treze animais paranaenses, de acordo com pesquisa do colega Dalton Luiz Mehl Andrusko.

Gávea

Raris, por Nugget Point e Usola Maggiore (Grimaldi), de criação do Haras Pirassununga; Fair Dani, por Burooj e Sweet Dami (Danzig Connection), de criação do Haras J.B. Barros; Red Angus, por Much Better e Juma di Taiçara (Minstrel Glory), de criação do Haras Curitibano; John Styx, por Baligh e Cientifica (Cipayo), de criação do Haras Tributo À Opera; Chilavert, por Ibero e Tarma (Nothern Jove), de criação do Beverly Hills Stud; Frisson Portenho, por Missionary e Light Wave (Candy Stripes), de criação do Haras Santarém; Ocean Reef, por Blush Rambler e Optativa (Janus), de criação do Haras São José da Serra.

Cidade Jardim

Tiritritran, por Mane Minister e Loteria (Jet Seller), de criação e propriedade do Haras dos Girassóis. Treinador: G.F. Santos. Jóquei: J.S. Cardoso; l?Exclusive, por Suspicius Mind e Inexclusive (Exclusive One), de criação e propriedade do Haras Morro Vermelho; Top Colony, por New Colony e Eitak (Zool), de criação de Telmo Ribeiro Filho e propriedade do Haras Carolina Maria; Dumer, por Suspicius Mind e Cadilha (Babor), de criação da Coudelaria Baptista; Sib Lark, por New Colony e Victória Lark (Tumble Lark), de criação e propriedade do Haras Sib.