O primeiro trabalho da Argentina no centro de treinamentos do Atlético-MG foi realizado com portões fechados, sem a presença dos jornalistas. A ajuda dos moradores da região, no entanto, permitiu que todas as atividades fossem registradas a partir das lajes de suas residências no morro do jardim da Glória, em frente ao CT em Belo Horizonte.

O treino foi movimentado. Enquanto os jogadores de linha da seleção fizeram corrida, alongamento e rápido bate-bola na metade de um dos campos, os goleiros Orión, Romero e Andújar realizaram atividade específica em outro campo. O atacante Palacio, com dor no tornozelo esquerdo, e o volante Biglia, com dor no joelho direito, fizeram trabalho à parte. Enquanto isso, Messi e Mascherano, companheiros também no Barcelona, mostraram descontração durante o treinamento.

Nesta quarta-feira, a Argentina cumpre obrigação da Fifa e realiza um treino aberto ao público na Arena Independência, em Belo Horizonte. Ao longo do dia, longas filas se formaram ao redor do estádio, sendo que os quatro mil ingressos que estavam disponíveis já se esgotaram em apenas duas horas e meia.