Depois de receber grandes craques que brilharam no mundo do futebol, semana passada, a praia da Caiobá, no Litoral do Estado, desta vez, vai ser palco do Desafio das Estrelas do Vôlei, que contará com as participações dos ex-jogadores Giba, Emanuel, Raphael Bode e Clésio Prado. A partida, que acontece neste sábado (21), às 17h30, vai acontecer na Arena É-Paraná, na avenida Atlântica, número 1000.

Entretanto, o desafio das estrelas do vôlei e que serão comandados por Giba, vão enfrentar um time diferente. A equipe que vai desafiar os ex-jogadores sairá de um torneio aberto que acontecerá durante todo o dia na praia de Caiobá. As inscrições dos times foram realizadas nos últimos dias e as partidas começarão pela manhã. O desafio das estrelas será 4×4 e poderão participar somente homens e mulheres acima de 16 anos.

O paranaense Giba, eleito seis vezes o melhor jogador de vôlei do Mundo, campeão olímpíco em 2004, medalha de prata em 2008 e 2012, comentou da expectativa de participar, pela primeira vez, do Desafio das Estrelas. “Estarei prestigiando o Projeto Verão Paraná no litoral. Espero que montem suas equipes e participem. Espero todos lá”, afirmou Giba, por meio da assessoria de imprensa.

Na capital

O final de semana será importante também para o voleibol de Curitiba. O Clube Curitibano, representante da cidade na disputa da Superliga Nacional B de voleibol, fará a sua estreia no torneio neste sábado (21), às 18h, no ginásio do clube, no bairro Água Verde (entrada pela Rua Petit Carneiro), diante do Brusque. Para este primeiro compromisso a entrada será gratuita.

As meninas do Curitibano com o técnico Jorge Edson. Foto: Henrique Rigo/Divulgação
As meninas do Curitibano com o técnico Jorge Edson. Foto: Henrique Rigo/Divulgação

Campeão olímpico com a seleção brasileira masculina de vôlei em Barcelona, em 1992, o experiente técnico Jorge Edson será o comandante do Clube Curitibano na competição nacional. Com 18 atletas à sua disposição, o treinador trabalha com o elenco desde o início deste ano e alguns amistosos preparatórios foram realizados.

Dentre os nomes que chegaram para ajudar o Clube Curitibano, além da assistente técnica Cris Pirv, estão a central Waleskinha, campeã olímpica em Pequim-2008, a também central Flávia Assis, ex-Osasco, Pinheiros e Rexona e a ponteira Raquele, que defendeu Finasa e Rexona e foi vice-campeã mundial juvenil com a Seleção Brasileira. Todas têm passagem pelo voleibol do exterior.