A seleção brasileira estréia contra a Espanha nas quartas de finais da Liga Mundial. O primeiro jogo da seleção será em Recife, no dia 13 de agosto às 15h30m. Na seqüência dos jogos, o Brasil enfrenta a Holanda, no dia 14 e a Rússia, no dia 15 – todos os jogos do Brasil serão às 15h30m, com transmissão da Rede Globo e da Sportv.

No grupo de Belo Horizonte jogarão Itália, Polônia, Iugoslávia e França. Os dois primeiros colocados de cada chave jogam as semifinais e a final em Belo Horizonte, nos dias 17 e 18.

Para o técnico Bernardinho, a seqüência dos jogos é boa, porque vai crescendo o nível de dificuldade. O técnico não gostou da divisão de chaves,segundo ele, incoerente. “Ficou ruim para a França, que deveria estar no nosso grupo. Não deu para entender o critério. Mesmo porque, desta maneira,França e Iugoslávia que já se enfrentaram na fase de classificação, estão de novo na mesma chave. O certo seria que a França estivesse no nosso grupo e a Rússia no outro.

Na opinião de Bernardinho, a Rússia é a equipe que está melhor ao lado da Itália. ” Por isso é melhor que seja o nosso último jogo. Espanha e Holanda também serão difíceis; entre os oito melhores não tem refresco. A Espanha não é ruim, só perdeu para a Itália na fase de classificação. Vem como franco-atirador e nós temos a obrigação de vencer. Isso pode ser perigoso,temos que estar muito bem preparados para evitarmos surpresas” .

O treinador quer enfrentar a Rússia com a classificação garantida e para isso precisa vencer Espanha e Holanda.

A seleção brasileira embarca hoje à noite (segunda-feira) para Belo Horizonte e amanhã de manhã já treina na capital mineira (o local ainda não está determinado). No dia 9, vai a São Paulo para a festa de 10 anos da medalha olímpica de ouro e de lá vai direto para Recife. “Quero aproveitar ao máximo esses sete dias para dar mais um gás nos jogadores, colocá-los em melhor forma.. Jogar com a obrigação de vencer é sempre complicado, a pressão será muito grande. (Assessoria de comunicação-CBV)