O campeão olímpico e mundial Cesar Cielo revelou estar muito satisfeito com sua participação no Troféu Maria Lenk, disputado em Santos. E depois de vencer os 100 metros livre neste sábado, o nadador aprovou o tempo de 48s63 e prometeu surpreender até a ele mesmo durante a disputa em agosto do Pan-Pacífico, principal competição da temporada.

A principal meta de Cielo é bater o tempo de 47s84 do holandês Pieter Van Hoogenband, conquistado na Olimpíada de 2000 quando os maiôs tecnológicos não eram utilizados. Com a proibição do traje neste ano, a marca tornou-se referência.

“Vim para o Brasil, fiz o que eu queria fazer. Estou muito contente com a temporada até agora. Vou continuar trabalhando duro, o trabalho está dando certo e aí, no Pan-Pacífico, acho que vou surpreender até a mim mesmo”, afirmou o brasileiro, contando ter sentido certo cansaço na prova deste sábado.

“Ainda quero melhorar bem a virada dos 100 m (fez 23s08 na passagem dos 50 m), fazendo 22s9, 22s8 na passagem. No finalzinho, segurei um piano na minha perna. Velocidade exige perna, dita o ritmo da prova”, disse.

Para ganhar ritmo até o Pan-Pacífico, Cielo contou que pretende focar até os pequenos detalhes nos treinamentos. “Vou focar ainda mais no trabalho, nos detalhes. Focar bastante saída, bastante virada, tomar conta dos detalhes que podem fazer uma grande diferença no final.”