Hoje pela manhã o grupo de jogadores realiza mais um treinamento e às 13h embarca para Pernambuco. Pela programação do rubro-negro, Waldemar Lemos comanda um coletivo na manhã de amanhã no estádio do Santa Cruz para definir o time que enfrentará o Leão.

A delegação viaja desfalcada do meia Marcinho, que foi expulso diante do Galo Mineiro e cumpre suspensão automática. Além dele, o volante Rafael Miranda, com dores na coxa, não deve viajar.

Outra dúvida é o goleiro Galatto, que deixou o treino de ontem mais cedo. Também não será diante do Sport que o atacante Eduardo fará a sua estreia pelo Furacão. No fim de semana, ele estará se casando (cerimônia religiosa), em Belo Horizonte.

Quem deve ter a oportunidade de vestir pela primeira vez a camisa vermelha e preta é Paulo Baier. O meia treinou normalmente com seus companheiros e seu nome já consta no BID da CBF, o que lhe confere condições de jogo. Baier deverá estrear contra seu ex-clube e no “território inimigo”.

Não vem

O presidente Marcos Malucelli afirmou que o clube não entrou em contato com o goleiro Marcos (ex-Paraná, e atualmente em Portugal) e tampouco foi procurado por algum representante do atleta.

O dirigente confirmou apenas o interesse por Gilmar, do Náutico, mas a negociação não avançou. “Tentamos no começo do ano. Ele foi indicado pelo Geninho juntamente com o Felipe, mas não foi possível. A multa rescisória é muito alta”, comentou o presidente.

Quem pode estar voltando ao time é o atacante Pedro Oldoni. Ontem ele esteve no CT para visitar amigos. O contrato dele com o Valladolid se encerra em 30 de junho e até o momento não houve contato entre os clubes para a compra do jogador ou renovação do contrato. Mesma situação vivida por Dinei, no Celta de Vigo.