Foto: Ciciro Back

Revelação do ABC de Natal pode ter a primeira chance no time principal contra o Palmeiras.

A busca do Atlético por um companheiro de ataque para Marcelo Ramos pode acabar no próximo domingo.

O jogo contra o Palmeiras, em São Paulo, deve marcar a estréia de Wallyson como titular do Furacão. Uma chance e tanto para o garoto de 19 anos, uma das principais promessas do elenco rubro-negro.

Wallyson estava na mira do Atlético desde o início de 2007, quando o clube da Baixada o descobriu jogando pelo ABC, de Natal (RN). Recém-integrado ao elenco profissional do time potiguar, ele já chamava a atenção do São Paulo e de clubes do exterior, como o Mallorca e o Valencia, da Espanha.

Uma parceria com o ABC foi decisiva para que o Furacão vencesse a parada. Sua contratação foi fechada em setembro, quando o Atlético adquiriu 80% dos direitos financeiros e o emprestou novamente ao time de Natal, para o restante da disputa da Série C do Brasileiro.

Ninguém se arrependeu na decisão. Wallyson foi o principal destaque do ABC na Terceirona. Inclusive marcando o gol da vitória de 2 a 1 sobre o Bragantino, na última rodada, que garantiu o acesso do clube para a Série B.

Consagrado em Natal, ele ganhou o apelido de ?Possesso? e teve seus passos seguidos de perto pela imprensa potiguar desde que desembarcou no CT do Caju, no início do ano.

Mas a estréia com a camisa rubro-negra ainda iria demorar. Com uma inflamação no púbis, ele ficou dois meses em tratamento e só pôde entrar em ação em março, quando o time B do Furacão enfrentou a seleção da Jamaica. Em abril, teve uma chance em outro amistoso, contra o Operário, e marcou dois gols na vitória por 4 a 1.

Mesmo recuperado, Wallyson teve poucas oportunidades com o técnico Ney Franco. Foi relacionado para apenas quatro jogos e em três deles pôde atuar por alguns minutos.

A chegada de Roberto Fernandes parece finalmente ter aberto as portas do time titular ao atacante. Relacionado para o banco de reservas contra o Atlético-MG, no último domingo, ele entrou no início do segundo tempo e deu o passe para Marcelo Ramos marcar o único gol rubro-negro na partida.

A boa apresentação, aliada à fraca performance da artilharia atleticana nos últimos jogos, pode dar a Wallyson a chance de ser titular pela primeira vez. Ele é o favorito para formar a dupla com Marcelo no jogo contra o Palmeiras. ?Tive poucas oportunidades, mas agora com Roberto Fernandes, que treinou o Náutico e já me conhecia, minhas esperanças aumentaram, pois venho treinando forte para ser titular?, diz a promessa rubro-negra.

Mistério

O Atlético segue indefinido para enfrentar o Palmeiras. Ontem, o time treinou, como sempre, com os portões fechados para a imprensa. Assim, somente hoje, quando Roberto Fernandes dará entrevista coletiva no CT, o torcedor poderá ter uma idéia do time que entrará em campo no Palestra Itália.

Como a equipe tem desfalques e joga fora de casa, a mudança para o 4-4-2 pode ser adiada. Antônio Carlos está de volta e deve formar a defesa ao lado de Danilo e Alex Fraga. Para o lugar de Alan Bahia, suspenso, Irênio pode ser a surpresa, atuando pela primeira vez como segundo volante. No ataque, além de Wallyson, Rogerinho e Willian disputam a posição ao lado de Marcelo Ramos.