Depois de uma boa passagem pelo Santos, Wendel está de volta ao Palmeiras com o intuito de conquistar, de vez, a confiança do técnico Vanderlei Luxemburgo para compor a equipe titular em 2009.

Empolgado com seu desempenho no segundo semestre do ano passado, quando ajudou o Santos a escapar do rebaixamento, Wendel chega com a missão de assumir a lateral-direita, sem dono após a saída de Elder Granja.

Para ficar com a vaga disponível, Wendel diz que está mais bem preparado que no começo do ano passado. “Fiz um bom trabalho no Santos, ajudei o time a se livrar do rebaixamento, e estou mais preparado do que no último ano, com mais confiança e experiência; contente por retornar ao Palmeiras.”

Wendel também não escondeu sua alegria ao perceber que o técnico Vanderlei Luxemburgo, que o liberou para jogar no Santos em 2008, deu-lhe o aval para voltar ao Palmeiras. “Fiquei muito empolgado ao saber que o Vanderlei quer trabalhar comigo.”

O bom desempenho no Santos despertou o interesse do Internacional pelo atleta. Wendel, no entanto, reafirmou que seu objetivo é permanecer no Palmeiras. “Agradeço ao Tite [técnico do Inter, que pediu sua contratação], mas fica a critério do Palmeiras. Meu pensamento é continuar a trabalhar aqui.”