O Paraná Clube aposta na entrada do meio-campista William para surpreender os adversários na retomada da Série B. O jogador será o “fato novo” para que o Tricolor sustente a liderança contra o Icasa, em Juazeiro do Norte-CE, hoje à noite. “Esse retorno é muito importante. Certamente os adversários nos estudaram e por isso sei que terei papel importante. Sou a novidade no time e muitos podem não me conhecer”, comentou William.

“Cria” do Paraná, o jogador de 26 anos centralizou sua carreira no futebol paranaense, com boas atuações por J. Malucelli e Corinthians Paranaense. “Esta volta foi muito boa para mim. Espero retribuir toda a confiança da comissão técnica”, disse o meia-atacante.

Nessa nova estratégia armada por Marcelo Oliveira, William deverá atuar com maior liberdade, organizando o meio-campo e chegando à frente. “Ele é um meia versátil, que arma mas também se apresenta no ataque. Vamos tentar explorar isso”, admitiu o técnico, sem dar maiores pistas sobre a dinâmica de jogo do trio de articulação, formado por Marcelo Toscano, William e Gílson.

Em Juazeiro do Norte desde domingo, os jogadores do Paraná realizaram um treino tático (bolas paradas) na tarde de ontem. A diretoria só manifestou uma preocupação em relação ao duelo de hoje. O árbitro potiguar Ítalo Medeiros de Azevedo apitou recentemente a goleada do Icasa sobre o Bahia (4 x 0) e, segundo informações, deixou de marcar um pênalti claro para os baianos. “É algo que nos preocupa, sim”, disse o vice de futebol Aramis Tissot, que foi ao Nordeste chefiando a delegação paranista.