Chuniti Kawamura
Django (M.Marques), de criação do Haras
J.B.Barros, defendendo as cores do
Stud Mandrake, de Ricardo Slaviero.

Destaca-se como corrida mais importante da tarde de amanhã, no Jockey Club, a Prova Especial Manoel Ribas, justa homenagem ao saudoso turfista que, quanto interventor do Estado, muito fez pelo o turfe e, especialmente, pela criação do PSI, no Paraná. Wiseguy, confirmando a corrida anterior, deve ganhar fácil, figurando a dupla como indicação mais equilibrada. Num mesmo plano aparecem Pyramid Dancer, Pepe Legal e Juanito Caminador.

A parelha Other Power/Daunt Blue figura com destaque na prova de abertura, sendo viável, inclusive, a dobradinha. Fraisie, Umbral Real e Chica Buena, aparentemente, são as diferenças da parelha do Haras Preto e Ouro.

A segunda prova apresenta-se sem força destacada. Altrix pode ser a favorita, mas sem destaque porque Dama da Guanabara, Instante Glorioso e Ziadú também estão muito cotados, podendo qualquer um deles derrotar a pilotada de Zeferino Moura Rosa.

Chocolatier estréia com amplas possibilidades de vitória, figurando a dupla como indicação mais difícil. Que Loucura Danz, Gin Special e Myrtus poderão ser as diferenças da defensora da Coudelaria Baptista, que está muito cotada.

A quarta prova da tarde de amanhã figura entre as mais equilibradas do programa. Dardière, Irerê e Rosenkavalier figuram num mesmo plano, podendo qualquer um deles merecer a preferência dos apostadores.

O Prêmio Mário Cordeiro Xavier, uma das provas mais importantes da noite, promete movimentada decisão. sendo arriscado apontar qualquer um dos sete competidores como força. Brown Point, London Trip, Kill Glory e Ghost Ville são os mais cotados.

A sétima prova também promete difícil decisão. Brown Point, vindo de bom terceiro, pode ser o favorito, mas sem destaque. Jacuzzi e Que Fuego são os mais cotados do concurso Haras Cifra, mas Átila Brown, Uppercut Rambler e Frankfurt são perigosos adversários.

Luro, agora em turma mais acessível, pode vencer a prova final do programa, que figura entre as mais atraentes. Ultramontano poderá ser a grande diferença do pilotado de Jair Jesus, figurando Ahead Again e Jangal Khan como maiores rivais das duas forças.