A World Series by Renault se prepara para disputar neste fim de semana um dos eventos mais populares do calendário. A categoria de formação de pilotos para a Fórmula 1 vai até a Russia disputar a quinta rodada dupla da temporada, com expectativa de arquibancadas lotadas com mais de 85 mil pessoas.

Inaugurado em 2012 com uma prova da WSR, o circuito de Moscou tem a chancela da FIA e da FIM para receber corridas de Fórmula 1 e MotoGP. Com 3.955 metros e 15 curvas, o circuito também recebe provas da Superbike, GT1, GT3 e DTM. Para o brasileiro Yann Cunha, a prova russa é uma oportunidade de se redimir dos problemas enfrentados na etapa anterior, em Spa-Francorchamps.

“Essa pista é muito moderna e dá muito prazer de pilotar. Ele tem duas retas longas, curvas rápidas e lentas, o que, junto com a asa móvel, deve proporcionar muitas disputas nas duas provas. Apesar de a equipe estar fazendo sua estreia neste circuito, acredito que podemos conseguir bons resultados”, comenta Yann, um dos quatro brasileiros no grid, ao lado de André Negrão, Lucas Foresti e Pietro Fantin.

A programação do fim de semana consiste de uma classificação e uma corrida tanto no sábado quanto no domingo.