O primeiro confronto na história entre São Caetano e XV de Piracicaba foi realizado na tarde desta quarta-feira e não pode ser comemorado por nenhum dos dois, já que terminou empatado, por 1 a 1, no Estádio Anacleto Campanella, na abertura da quarta rodada do Campeonato Paulista. O time da casa chegou a jogar com um homem a mais nos últimos dez minutos, mas não conseguiu a vitória.

Sem mostrar um bom futebol, o São Caetano chegou aos cinco pontos e aparece na zona intermediária da tabela. Já o time de Piracicaba ainda não venceu na sua volta à elite depois de 26 anos e segue na zona de rebaixamento, com apenas dois pontos conquistados.

O XV de Piracicaba entrou com esquema mais defensivo, apostando nos três zagueiros, e viu o São Caetano dominar todo o primeiro tempo. Aos 20 minutos, Kléber arriscou de fora da área e acertou o travessão de Gilson, que já estava batido no lance. Depois, foi a vez de Diego bater de longe, mas o goleiro alvinegro espalmou pela linha de fundo. A única vez que o time de Piracicaba chegou com perigo foi através de André Cunha, que dominou no peito e soltou a bomba. Fabio saltou e defendeu com as pontas dos dedos.

O XV de Piracicaba voltou melhor do intervalo e abriu o placar logo aos 8 minutos. Paulinho bateu de fora da área e Fabio defendeu. Hugo ficou com o rebote e acertou a trave. A bola sobrou para André Cunha, que chegou estufando as redes. No entanto, não deu muito tempo para comemorar. O São Caetano chegou ao empate quatro minutos depois. Preto Costa ficou com a sobra dentro da área, dominou e bateu colocado no canto de Gilson. No final do jogo, o zagueiro Toninho foi expulso e deixou o time de Piracicaba com um homem a menos, mas os donos da casa não souberam aproveitar.

O São Caetano volta a campo no próximo domingo diante do Guarani, às 19h30, novamente no Anacleto Campanella, pela quinta rodada. No mesmo dia e horário, o XV de Piracicaba recebe o Oeste, no Estádio Barão de Serra Negra.

FICHA TÉCNICA:

São Caetano 1 x 1 XV de Piracicaba

São Caetano – Fábio; Daniel (Thiago Silvy), Preto Costa, Eli Sabiá e Diego; Moradei, Anselmo, Marcelo Costa e Kléber (Isael); Betinho (Pedro Júnior) e Geovane. Técnico – Márcio Araújo.

XV de Piracicaba – Gilson; Everton (Marcus Vinícius Lima), Toninho e Marcus Vinicius; André Cunha, Adilson Goiano, Glauber, Ricardinho e Alex Cazumba; Paulinho (Vinícius Bovi) e Gustavo Savoia (Hugo). Técnico – Moisés Egert.

Gols – André Cunha, aos 8, e Preto Costa, aos 12 minutos do segundo tempo.

Árbitro – Flávio Rodrigues de Souza

Cartões Amarelos – Everton e Alex Cazumba.

Cartão Vermelho – Toninho.

Público – 478 pagantes.

Renda – R$ 5.830,00.

Local – Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP).