Três anos após a conquista da medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Londres, Yane Marques não está mais entre as melhores do mundo no pentatlo moderno. Neste domingo, ela foi apenas a 14ª colocada na Final da Copa do Mundo da modalidade, realizada em Minsk, na Bielo-Rússia.

Yane começou bem a final, sendo a quinta colocada na natação. Manteve-se entre as primeiras com o quarto lugar na esgrima, mas foi muito mal nas últimas duas provas da competição. Terminou o hipismo em 29º e foi apenas a 26ª na disputa combinada de tiro e corrida, despencando para o 14º lugar.

Neste ano, nas três etapas regulares da Copa do Mundo, a brasileira conquistou apenas um 21º, um 15º e um 24º lugares. No ano passado, fora 14º no Mundial e 28ª na Final da Copa do Mundo. Como comparação, ela chegou à Olimpíada de Londres com nove resultados dentro do Top 10 nos eventos que antecederam os Jogos em que foi medalhista.

A Final da Copa do Mundo definiu os primeiros classificados para a Olimpíada do Rio, respectivamente Laura Asadauskaite (Lituânia) e Riccardo de Luca (Itália). No Pan-Americano de Toronto, serão distribuídas cinco vagas por naipe, com garantia de reserva de vaga para pelo menos um atleta da Norceca (Américas do Norte e Central) e outro da América do Sul.

Yane Marques é franca favorita a ficar ao menos com a vaga sul-americana, uma vez que é 10ª do ranking mundial. Priscila Oliveira é 50ª (ficou em 29º na prova deste domingo) e a melhor argentina ocupa só o 63º lugar.