Se ontem Manoel era a grande novidade na lista de relacionados do Atlético para a viagem rumo à Brasília, hoje ele não passa de mais um personagem da nova novela do futebol paranaense. Diferente do que se esperava, o jogador não embarcou com a delegação. A atitude poderia por fim à polêmica envolvendo a renovação de contrato e o afastamento do jogador. Porém ela não só continua, como ganha capítulos ainda mais atribulados para um futuro próximo. O jogador era esperado para se juntar a seus companheiros para a viagem. Segundo o empresário do zagueiro, Neco Cirne, Manoel não foi comunicado oficialmente de que estaria relacionado para a viagem. Mesma postura, aliás, da última quinta-feira, quando criticou o clube por seus pronunciamentos oficiais via site. “Não lemos o site do clube. O Manoel não tem tempo para isso”, reclamou. “Só os advogados que sabem disso agora”, completou.

Henrique Caron, representante de Manoel, disse que o jogador cumpriu as determinações da diretoria e seguiu treinando em separado, afinal não foi avisado da sua reintegração. Desde que o clube anunciou o afastamento do atleta ele cumpre a agenda de treinos longe da equipe principal.