O zagueiro Paulo André, do Corinthians, passou a maior parte da entrevista coletiva que concedeu hoje falando do Chelsea, possível adversário do time na decisão do Mundial de Clubes, em dezembro.

O clube inglês virou notícia hoje pela demissão de Roberto di Matteo e o rápido anúncio de seu substituto, Rafa Benítez. O atual campeão europeu tem poucas chances de avançar às oitavas de final da Copa dos Campeões.

“Nós [jogadores] praticamente não falamos sobre isso. Na temporada passada, eles demitiram o técnico e foram campeões. Vivem um momento um pouco difícil, e essa troca é uma tentativa de fazer dar certo”, disse Paulo André.
“Se chegarmos à final, vamos ver o real estado da equipe que vamos enfrentar. Se for o Chelsea, prefiro que cheguem abalados”, declarou.

O zagueiro elogiou Benítez e enumerou suas conquistas. “Tem qualidade, disputou pela Inter de Milão em 2010 [o Mundial] e ganhou. Tem experiência em Mundial, deve saber motivar o grupo, então é um reforço de peso e não desejo sorte a ele.”

Mesmo com a má fase do Chelsea, Paulo André descartou qualquer favoritismo ao Corinthians. “Temos as mesmas chances dos demais, o futebol é imprevisível. Temos uma equipe muito qualificada, com condições de bater qualquer outra.”