A seleção da Zâmbia perdeu o seu técnico menos de dez dias antes de enfrentar o Brasil em um amistoso. Nesta segunda-feira, a Associação de Futebol da Zâmbia (FAZ) anunciou que o francês Herve Renard deixou o comando da seleção nacional para assumir o comando do Sochaux. De acordo com a entidade, a saída foi acertada de forma consensual após reunião entre os dirigentes e o treinador.

“Nos faz orgulhosos ter condições de participar da ascensão de Herve como um treinador de sucesso internacional. A FAZ quer agradecer a Renard por sua dedicação ao trabalho e por sua competência e deseja todo seu trabalho no novo trabalho como treinador”, disse o comunicado divulgado pela entidade.

A associação também explicou que Renard será substituído pelo auxiliar Patrice Beamelle visando o amistoso contra a seleção brasileira, marcado para o dia 15 de outubro em Pequim, na China.

Renard, de 45 anos, comandou a seleção da Zâmbia na conquista do título da Copa Africana de Nações em 2012. Sob o seu comando, porém, a seleção caiu na fase de grupos do torneio continental disputado neste ano, além de ter sido eliminada nas Eliminatórias Africanas para a Copa do Mundo de 2014.

No Sochaux, Renard terá o desafio de recuperar o time após um início ruim no Campeonato Francês. A equipe está em penúltimo lugar no torneio nacional, com apenas cinco pontos somados em nove rodadas.