O técnico Luiz Augusto Zanon definiu nesta segunda-feira o primeiro corte da seleção brasileira feminina de basquete antes do Mundial da Turquia. A pivô Karina, do São José, foi dispensada do elenco que disputará a principal competição do ano, entre os dias 27 de setembro e 5 de outubro. A decisão aconteceu por conta da chegada das duas principais atletas da equipe: Damiris e Érika, que estavam disputando a WNBA.

“Infelizmente, com a vinda dessas jogadoras tivemos que fazer a definição da primeira dispensa, a Karina Jacob. Ela foi uma jogadora muito importante para a preparação da equipe e produziu muito no tempo que esteve com a seleção, seja nos amistosos ou no Sul-Americano. A Karina segue dentro dos nossos planos”, declarou Zanon.

Damiris e Érika tinham chegada prevista para a tarde desta segunda-feira. Depois de uma boa semana de treinos em São José dos Campos, o treinador acredita que estes reforços, aliados à integração de Nádia, outra que disputa a WNBA, ajudará a fortalecer ainda mais a seleção às vésperas do torneio.

“Foi uma semana muito boa com as meninas pró-ativas para as novas situações apresentadas e com muito mais entendimento das coisas. Foi uma semana de agregar. Esperamos continuar crescendo como foi até agora e ainda contamos com as presenças de Érika e Damiris reforçando o setor das pivôs. Teremos uns dias para repassar todas as situações novas treinadas, assim como foi com a Nádia. Acredito que vamos formar uma boa equipe para a disputa do Mundial”, comentou.