O técnico Zé Ricardo concedeu nesta quinta-feira a sua primeira entrevista coletiva nesta temporada e reconheceu que está pressionado a conquistar títulos em 2017 pelo Flamengo. Com o time tendo passado em branco nos últimos dois anos, ele afirmou que não pode garantir que o objetivo será alcançado, mas prometeu ao torcedor um time competitivo em todas as competições que vai disputar.

“Quando o trabalho estiver bem estruturado, com a gente brigando na parte de cima da tabela, os títulos virão de forma natural. A competitividade nos torneios que vamos disputar é muito grande. Nosso papel é preparar os jogadores, minimizando os erros, para deixá-los com maior capacidade de brigar de igual para igual com qualquer equipe”, afirmou.

Para a temporada, o Flamengo já se reforçou com o lateral-esquerdo Miguel Trauco, o volante Rômulo e o meia Darío Conca. Zé Ricardo explicou que a chegada do argentino foi mais uma oportunidade de mercado do que uma necessidade do elenco e destacou que ainda espera a chegada de dois atacantes.

“Quando fomos para as férias, deixamos o planejamento preparado, com as contratações e carências indicadas. Deixamos quatro, cinco nomes por posição. Das contratações que sugerimos, conseguimos duas pontualmente: Rômulo e Trauco. O Conca foi uma opção de mercado, que logicamente fomos comunicados e demos o sinal positivo. Ainda buscamos no mercado, sem pressa ou afobação, dois jogadores ofensivos para completarmos o elenco e variar ainda mais as opções de jogo. Estamos satisfeitos e vamos trabalhar para entrosá-los o mais rápido possível”, disse.

Em preparação para a temporada, o Flamengo entrará em campo no próximo sábado, às 18h45, para enfrentar o Vila Nova em amistoso agendado para Goiânia.