O polonês Jerzy Janowicz, 69º melhor tenista do mundo, se tornou neste sábado o primeiro finalista do Masters 1.000 de Paris, na França, ao vencer o “dono da casa” Gilles Simon, por 2 sets a 0, com parciais de 6-4 e 7-5, em uma hora e 29 minutos de duelo.

O jovem, de 21 anos, chega assim a sua primeira final na carreira, no torneio em que iniciou a disputa no qualifying. Na fase prévia, Janowicz precisou vencer duas partidas para se garantir na chave principal.

Depois, começou a derrubar favoritos, o mais importante deles, o britânico Andy Murray, número 3 do mundo, nas oitavas de final. Antes, já havia batido o alemão Philipp Kohlschreiber (19º do ranking mundial) e o croata Marin Cilic (15º). Nas quartas de final superou o sérvio Janko Tipsarevic (9º), antes de vencer Simon, número 20 do mundo.

Agora, o polonês terá pela frente o ganhador da outra partida semifinal, que será disputada ainda neste sábado, entre o espanhol David Ferrer, quinto melhor tenista do mundo, e o francês Michael LLodra, número 121 do ranking, que foi convidado para a disputa da competição parisiense.