O Zenit São Petersburgo esteve por 85 minutos eliminado da Liga dos Campeões, já que estava perdendo em casa para o já classificado Málaga, mas conseguiu o empate nos instantes finais e ainda tem chances, ainda que reduzidas, de classificação para as oitavas de final.

Com o empate, o time espanhol garantiu a primeira posição da chave, com 11 pontos, seis a mais que o segundo colocado, o Milan, que até pode igualar a pontuação, mas levaria a pior nos critérios de desempate.

Já o Zenit ainda é o lanterna, com quatro pontos, mesmo número que o Anderlecht. Belgas e italianos se enfrentarão ainda hoje em Bruxelas, e os russos serão eliminados caso a equipe ‘rossonera’ consiga a vitória.

No começo do jogo no estádio Petrovski, em São Petersburgo, a impressão dada é que era o Málaga que precisava da vitória para não ser eliminado, já que antes dos dez minutos do primeiro tempo o time visitante já havia feito 2 a 0.

Logo aos oito, Seba foi acionado livre na direita no contra-ataque e tocou para o meio Santa Cruz deixou passar, Buonanotte cortou a marcação e chutou no canto para abrir o placar.

Um minuto depois, o goleiro Malafeev recebeu recuo e tentou tocar para Bruno Alves, mas deu a bola no pé de Santa Cruz. O paraguaio rolou para a chegada de Seba, que completou para o gol praticamente vazio.

O Zenit acordou apenas depois do intervalo, e diminuiu aos quatro minutos da etapa final. Danny tocou para Hubocan na direita e apareceu na área para receber de volta e chutar forte no canto esquerdo, tirando do goleiro Cabellero, que teve atuação destacada.

Logo na sequência, a equipe anfitriã perdeu duas grandes chances para empatar. Na primeira, o próprio Danny saiu na cara do gol, mas parou no arqueiro adversário; na segunda, Kerzhakov driblou o goleiro, mas finalizou para fora.

Mesmo sem fazer uma grande partida, o Zenit conseguiu o empate aos 40 minutos. Após linda jogada da direita, Danny deu uma de zagueiro e tirou a bola em cima da linha, mas ela sobrou para Fayzulin, que encheu o pé no canto direito.