Técnico estará no camarote da Baixada
na partida de hoje à tarde.

Tentando apagar a má impressão deixada na estréia do Campeonato Brasileiro, o Atlético enfrenta o Figueirense sob olhares do técnico Zetti, que vai acompanhar a partida dos camarotes e já observar o time antes de assumir oficialmente o comando do Rubro-Negro.

Ainda sob a gerência de Júlio Piza, a principal novidade será a volta do esquema 4-4-2 e do meia Fernandinho, recuperado de uma lesão na coxa esquerda. A partida está programada para às 16h e setores organizados da torcida ficarão do lado de fora para protestar contra o ingresso a R$ 30,00.

Depois do vexame de perder para o São Paulo com dois jogadores a mais, o Furacão dissimulou interesse em trazer logo um treinador, mas os dirigentes resolveram apostar na revelação do Paulista, que foi vice-campeão do estadual de São Paulo. O ex-goleiro da seleção brasileira Zetti estreou num time principal no clube de Jundiaí e já fez sucesso. Agora, terá a missão de reanimar uma equipe abatida pela perda do título e pela derrota na estréia do nacional.

Uma tarefa nada fácil, mas que já começa nas observações de hoje na Arena. Da arquibancada, ele vai acompanhar a despedida do técnico interino Júlio Piza, que quer a equipe mostrando o mesmo desempenho do primeiro tempo da partida contra o Tricolor paulista. “Fizemos 45 minutos excelentes e caímos depois sem nenhuma explicação quando tínhamos a vantagem de dois jogadores. Temos que voltar a mostrar a mesma disposição inicial”, aponta.

Para tanto, a primeira mudança foi a volta do 4-4-2, com Fernandinho entrando pelo meio. Ele entra no lugar de Marinho, que se machucou e fica fora da partida contra os catarinenses. “Temos que ser mais ofensivos”, sentencia o treinador. No entanto, o esquema pode ser alterado com o recuo de Ramalho para a zaga, da mesma forma que acontecia com Mário Sérgio. “Estou à disposição do treinador para fazer a função que ele quiser. Nós temos uma grande equipe e podemos vencer o Figueirense e superar esse momento”, destaca o volante. O restante da equipe é o mesmo que enfrentou o São Paulo.

Torcida fora

Já fora de campo, a confraria do Esquadrão da Torcida Atleticana (ETA), E-Atlético.com, torcida organizada Os Fanáticos e @tleticanos Online prometem muito barulho do lado de fora. A intenção é promover um boicote ao ingresso de R$ 30,00. A concentração será no calçadão da Arena com os torcedores acompanhando a partida através do rádio de um caminhão de som.

Figueira mantém esquema tático

Florianópolis 

– Mesmo com um desfalque em relação ao time que venceu o Internacional por 1 a 0, na estréia do Campeonato Brasileiro da Série A, o Figueirense não deverá fugir das suas características para o jogo deste domingo diante do Atlético/PR, no estádio da Baixada, em Curitiba. O técnico Dorival Júnior decidiu apostar na manutenção do esquema tático com a entrada de Márcio Martins, volante que substituirá Jeovânio, expulso na última quarta-feira.

A opção também está associada à preocupação do treinador com as jogadas aéreas do adversário. Segundo Júnior, o Figueirense terá que ser cauteloso, já que terá pela frente um adversário atuando sob a pressão.

CAMPEONATO BRASILEIRO 2ª RODADA

ATLÉTICO x FIGUEIRENSE

ATLÉTICO:

Diego; William, Alessandro Lopes, Ígor e Marcão; Alan Bahia, Ramalho, Jádson e Fernandinho; Ilan e Dagoberto. Técnico: Júlio Piza.

FIGUEIRENSE:

Edson Bastos; Paulo Sérgio, Márcio Goiano, Cleber e Filipe; Márcio Martins, Carlos Alberto, Sérgio Manoel e Fernandes; Romualdo e Rodrigo. Técnico: Dorival Júnior.

SÚMULA
Local:

Joaquim Américo (Curitiba).}
Horário: 16h.
Árbitro: Álvaro Azeredo Quelhas (FIFA-MG).
Assistentes: Romualdo Marriel (MG) e Pedro Alcântara Campos (MG).