Novo diretor executivo de futebol do Flamengo, Zico afirmou que o clube deverá apostar no maior número possível de jogadores formados nas categorias de base do time. Revelado para o futebol profissional pela equipe carioca antes de se tornar o maior ídolo da história flamenguista, o dirigente se espelha no próprio exemplo e está tratando o investimento na construção do novo Centro de Treinamento como “prioridade” para formar novos craques.

“A tendência é essa: ter muitos jogadores das categorias de base promovidos. É importante que as revelações ganhem oportunidades. Aconteceu isso comigo. O Rogério já conhece o trabalho deles e foi isso que o Joubert fez comigo, me puxou da base, porque já tinha trabalhado comigo no juvenil. Não só comigo, como com toda aquela geração (vencedora dos anos 80). E é preciso lembrar que teve-se paciência. Demorou um pouco até o time engrenar, mas quando engrenou também…”, afirmou Zico, em entrevista dada ao site oficial do Flamengo.

Após a chegada do Zico, porém, o clube já trouxe alguns reforços que deixarão o elenco flamenguista ainda mais “inchado”, como o próprio dirigente admitiu. “(O grande número de jogadores do elenco) acaba criando uma certa insatisfação em quem não está treinando”, disse o dirigente, que mandou um recado aos jovens atletas do Flamengo.

“É importante que estes garotos, se tiverem chances, as aproveitem bem. Até conversei isso com eles. Está se falando muito em reforços, em contratações, mas quem está aqui tem condições de estar no Flamengo e é a hora de provar isso. Mais do que nunca. É o momento de dar o sangue. Tem essa intertemporada, provavelmente os primeiros jogos do Brasileiro sem reforços, então, o momento é de dedicação total para agarrar estas oportunidades”, pediu Zico.

Já ao comentar sobre os novos reforços contratados (o zagueiro Jean, o meia Renato Abreu e o atacante Val Baiano), o novo executivo do futebol flamenguista disse que aposta no sucesso dos mesmos. “São três jogadores que podem nos ajudar muito. O Renato é um jogador com a cara do Flamengo, que se identificou rapidamente com o clube, com a torcida e tem tudo para se dar bem novamente. O Correa também é um atleta experiente, de qualidade ofensiva e que pode fazer uma função que precisamos, jogando um pouco mais à frente. O Val Baiano, por sua vez, é um artilheiro. Ninguém faz 18 gols (no último Campeonato Brasileiro) à toa”, opinou Zico.