Os amantes da fotografia terão uma nova exposição para visitar a partir desta quarta-feira (7), em Curitiba. Registros fotográficos feitos ao longo de dez anos de expedições marítimas à Antártida são temas da exposição “O Olhar nômade de Marina Klink“, da fotógrafa e esposa do navegador Amir Klink. A entrada é gratuita e as fotos ficarão expostas até o dia 30 de novembro, das 9h às 18h, no show room da A.Yoshii Engenharia, localizada na Rua Bispo Dom José, 2058, no bairro Batel, em Curitiba. 

As fotos estão disponíveis em agências de fotografias internacionais, galerias de arte e já foram publicados em importantes jornais, revistas e livros didáticos. Marina possui um vasto acervo de imagens da natureza em destinos remotos da Terra. Essa foi a forma que a fotógrafa encontrou para compartilhar seu amor pela natureza, com enfoque em questões de conservação e sustentabilidade.

“Por meio da fotografia encontrei uma forma de prolongar a experiência de cada expedição e trazer a público a urgência da nossa conscientização sobre nossa responsabilidade pela conservação da natureza. Para isso faço imagens de destinos singulares que pretendo espalhar para dentro da casa das pessoas que talvez não tenham a mesma disposição que eu para enfrentar as dificuldades do caminho para ir tão longe”, conta Marina.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

A exposição “O Olhar Nômade”, segundo ela, reflete a singularidade nômade da Antártica. “Nada na Antártica é fixo, tudo é temporário. Os seres humanos, as instalações, os animais. Nada é definitivo. O olhar de quem vai também é temporário e inquieto, vaga e se deslumbra com o que vê. Nada pode ser mais nômade que uma viagem polar”, afirmou.

Marina é autora dos livros fotográficos “Antártica – A Última Fronteira” e “Olhar Nômade” ambos publicados pela Editora Brasileira e já esgotados. Recentemente lançou “Vamos dar a Volta ao Mundo”, livro infantil publicado pela Companhia das Letrinhas. Em outubro lança mais um novo livro de fotografias, “Contravento”, pela Editora Brasileira. A exposição, promovida pela A.Yoshii em parceria com a Florense Água Verde, é gratuita e pode ser vista das 9 às 18 horas, inclusive aos finais de semana.