Aguinaldo Silva, autor de novelas da Globo, disse que o caso envolvendo a separação de José Loreto e Débora Nascimento não vai interferir no andamento de O Sétimo Guardião, produção de sua autoria na qual o ator participa.

“É absolutamente infundada a ‘notícia’ que circula na web sobre a morte do personagem Júnior em O Sétimo Guardião. A vida pessoal de Zé Loreto é da responsabilidade dele e de sua família, assim como é a minha e a de todos nós”, iniciou o autor em uma publicação no Facebook.

+Leia mais: TV Globo entra na briga entre José Loreto e Debora Nascimento

Nesta quinta-feira (21), surgiram rumores de que Loreto deixaria a novela, na qual faz par romântico com Marina Ruy Barbosa no papel de Luz. A mudança na trama seria por um suposto envolvimento pessoal entre os dois atores.

“Como profissional, o ator é um dos mais brilhantes expoentes da sua geração, sendo elemento imprescindível na trama”, completou Silva.

+Leia mais: José Loreto pede desculpas a Débora Nascimento, mas diz que não houve traição

Ele usou uma passagem da Bíblia para defender José Loreto. “Para os sedentos por sangue, falsos baluartes da moral, recomendo a leitura de uma das mais belas (e formativas) passagens da Bíblia: João 8:1-11. ‘Quem não tiver pecado atire a primeira pedra’. Só Jesus é sem pecado e o seu humanismo é atual hoje e sempre! A vida só tem uma direção: para a frente! Vamos cuidar de fazer a nossa parte”, concluiu Aguinaldo Silva no esclarecimento.

Em entrevista à colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, o autor reforçou seu posicionamento. “Não tenho nada a ver com essa história de bastidores. Estou no capítulo 126. Na minha casa, faltam 35 capítulos para o final. Só no último saberemos se a Luz fica com Gabriel (Bruno Gagliasso) ou Júnior (José Loreto). Até lá, no que depender de mim, os três continuarão na novela”, disse.

Iza e Wesley Safadão vão apresentar programa na Globo junto com outros artistas