Al Pacino foi eleito pelos britânicos o
melhor ator de todos os tempos, segundo
uma pesquisa realizada pelo Channel Four
de Londres.

O protagonista do lendário filme “O poderoso chefão”, Al Pacino, foi eleito pelos britânicos o melhor ator de todos os tempos, segundo uma pesquisa realizada pelo Channel Four de Londres.

O programa televisivo, que anunciou os 100 atores mais importantes da história, entrevistou mais de 250 mil britânicos e o resultado é que em primeiro lugar ficou Al Pacino, de 63 anos e ganhador de um Oscar como melhor ator por seu fantástico desempenho em “Perfume de mulher”.

Em segundo lugar na enquete ficou o americano Robert De Niro, protagonista de “Taxi driver”, “Touro indomável” e “O poderoso chefão ? 2”, entre outros clássicos.

Tom Hanks e Kevin Spacey obtiveram o terceiro e o quarto lugar, enquanto Harrison Ford e Jack Nicholson ficaram com o quinto e o sexto, respectivamente.

Entre os britânicos, o melhor colocado foi o protagonista de “O silêncio dos inocentes”, Anthony Hopkins. O único ator mais jovem a se situar entre os dez primeiros da lista foi o escocês Ewan McGregor.

Nenhuma mulher ficou entre as dez primeiras posições. A protagonista de “Bonequinha de luxo”, a lendária Audrey Hepburn, foi a atriz melhor colocada na lista, com a 13a posição, seguida, na 20a posição, pela americana Sigourney Weaver, votada por seu papel na série de ficção científica “Alien”.

A eleição de Al Pacino coroa, na verdade, uma das mais bem-sucedidas carreiras de Hollywood, que talvez tenha atingido seu clímax nos anos 70. Seu papel como Michael Corleone em “O poderoso chefão” (1972) foi um dos mais cobiçados da história do cinema. Robert Redford, Warren Beatty, Jack Nicholson, Ryan O?Neal e Robert De Niro quiseram interpretá-lo, mas o diretor Francis Ford Coppola não quis outro senão Al Pacino.