Apesar de ter pouco mais de um mês para tentar superar “Os Vingadores”, campeão de bilheteria de 2012, o último capítulo da saga “Crepúsculo” mostra números impressionantes. Segundo dados do portal “Filme B”, especializado no mercado cinematográfico brasileiro, “Amanhecer – Parte 2” bateu todos os recordes de um dia de estreia nos cinemas nacionais –as primeiras sessões aconteceram nos primeiros minutos da quarta-feira.

Lançado em cerca de 1.200 salas, o longa atraiu 980 mil espectadores, mas pode chegar à marca de 1 milhão de pagantes quando os números finais de todas as salas forem divulgados. No ano, o recordista era exatamente “Os Vingadores”, que levou 445 mil pessoas aos cinemas no dia de sua estreia, em abril. Mas é bom lembrar que o filme da Marvel estreou em uma sexta-feira comum, enquanto “Amanhecer – Parte 2” aproveitou-se do feriado da Proclamação da República.

Mesmo assim, nem “Harry Potter e as Relíquias da Morte”, o antigo recordista de todos os tempos de um dia de estreia no Brasil, chegou perto desses valores. No ano passado, o filme derradeiro do bruxinho criado por J.K. Rowling vendeu 668 mil ingressos em 24 horas. Segundo o “Filme B”, a Paris Filmes, distribuidora do longa no país, espera alcançar a marca de 10 milhões de espectadores, três milhões a mais que “Amanhecer – Parte 1”, lançado em 2011. O fenômeno deve repetir-se nos Estados Unidos, onde a produção estreia em mais de quatro mil salas.

O fenômeno deve se repetir nos Estados Unidos, onde a produção estreia em mais de 4.000 salas. Mas os primeiros números não são tão espetaculares quanto no Brasil. Mesmo promovendo algumas sessões às 22h de ontem para fortalecer os números que viriam com as exibições comuns da meia-noite, “Amanhecer – Parte 2” rendeu US$ 30,4 milhões (R$ 61 milhões), números parecidos com os de longas anteriores e abaixo do último “Harry Potter”, que faturou US$ 43 milhões (R$ 86 milhões).