O ano de 2010 marca as comemorações mundiais do bicentenário de nascimento do grande compositor polonês Fryderyk Chopin (1810 – 1849), o primeiro poeta do piano e signo do “Grande Romantismo” do século 19.

Para comemorar a data, o Comitê Chopin 2010 traz a Curitiba o projeto Chopiníssimo -Chopin, o poeta do piano, que estreou com enorme sucesso em fevereiro, no Rio de Janeiro, e agora será apresentado amanha, às 20h, no Espaço Cultural Capela Santa Maria.

Para o Embaixador da República da Polônia, Sr. Jacek Junosza Kisielewski, “Fryderyk Chopin é motivo de grande orgulho para os poloneses. Nós o consideramos não apenas o mais importante compositor nacional, como também um dos personagens mais marcantes da milenar história da Polônia. Artista cuja obra pertence à herança cultural da humanidade”.

O projeto Chopiníssimo -Chopin, o poeta do piano integra o Programa Oficial das celebrações internacionais do Ano Chopin, com o objetivo de mostrar ao mundo a imagem da Polônia hoje, através da música do compositor polonês.

Criado e dirigido pela pesquisadora Eli Rocha, Chopiníssimo inclui: concerto-cênico, exposição iconográfica e palestra multimídia. Estarão reunidos no espetáculo o ator Fernando Eiras (Prêmio Shell de Melhor Ator de 2010), a premiada pianista Linda Bustani (recém chegada de concertos na Argentina) e a jovem e promissora mezzo-soprano Carolina Faria (que acaba de retornar de apresentações na França).

Concerto

O concerto-cênico de amanha, na Capela Santa Maria, tem como protagonista a Música de Chopin interpretada pela pianista Linda Bustani e pela cantora Carolina Faria. Elas darão vida à obra do compositor ancoradas à experiência cênica de Fernando Eiras.

O ator dialoga com o repertório musical e encena trechos de cartas e diários, que contam a nostalgia da pátria, a chegada e o sucesso nos salões de Paris, a ruptura do noivado com Maria Wodzinska e, o momento mais marcante da sua vida: a paixão avassaladora pela Baronesa de Dudevant, conhecida como George Sand.

A pesquisadora Eli Rocha escolheu para o repertório obras pouco tocadas do compositor como: Mazurca opus 7 n.º 1, Valsas opus 34 n.º 2 e opus 69 nº 1, Noturno opus 27 n.º 2, Scherzo n.º 3, Prelúdio n.º 2 e as Variações Brilhantes opus 1; além de três canções do álbum das Melodias Polonesas opus 74, para canto e piano, raramente ouvidas no Brasil.

“A ideia de um concerto cênico é contextualizar as composições interpretadas, ou seja, é, antes de tudo, um concerto em que a cena informa e ilumina. Enquanto a pianista Linda Bustani e a mezzo-soprano Carolina Faria dão vida a algumas das páginas mais significativas da produção musical do mestre romântico, o ator Fernando Eiras emoldura o concerto vivendo e/ou comentando, como uma espécie de alter ego, ora do compositor, ora do próprio ator, os momentos vividos por Chopin enquanto aquelas obras eram gestadas em seu espírito. Uma obra de gênio, que transcende explicações, mas que ganham em significado e beleza quando se compreende as circunstâncias de sua gênese”, comenta o crítico musical, Rodolfo Valverde.

Exposição

Para que a vida e a obra do compositor polonês sejam amplamente apreciadas pelo amante da música clássica e conhecidas pelas novas gerações, serão mostrados 15 painéis com 32 fotografias e reproduções – algumas inéditas no Brasil – de pinturas, desenhos, gravuras, partituras, documentos e objetos, cedidas pelo Museu Chopin do Instituto Fryderyk Chopin, em Varsóvia. A exposição poderá ser conferida nesta terça-feira, às 19h, na Biblioteca Pública do Paraná.

Palestra multimídia

O crítico musical Rodolfo Valverde encerra o projeto com o Bate-papo com Chopin, uma palestra q,ue será realizada terça-feira, às 19h, também na Biblioteca Pública do Paraná.

A vida e a obra do genial compositor serão amplamente comentadas por Valverde. Em seguida, haverá uma exibição multimídia de apresentações dos maiores intérpretes da atualidade.

Serviço

Concerto-cênico Chopiníssimo – Chopin, o poeta do piano. Amanhã, às 20h, no Espaço Cultural Capela Santa Maria (Rua Marechal Deodoro, 771, Centro). Ingressos a R$10,00 e R$5,00, mais um 1kg de alimento não perecível, em prol dos desabrigados do Rio de Janeiro.
Informações: (41) 3321 2842.