Poeta, ensaísta, letrista e filósofo, Antonio Cicero lança nesta segunda-feira, 3 de julho, em São Paulo, o livro “A Poesia e a Crítica” (Companhia das Letras, 240 págs., R$ 44,90). Composta de 13 ensaios, a obra traz análises profundas da poesia e da cultura contemporânea.

Para a elaboração do livro, entre 2006 e 2016, o autor, nascido no Rio em 1945, revisitou obras de alguns de seus poetas mais queridos, como Fernando Pessoa, Friedrich Hölderlin, Drummond, Ferreira Gullar e Armando Freitas Filho, que o ajudaram a pensar a contracultura, a modernidade, a relação da poesia com a música e a jogar luz sobre a cultura produzida na atualidade. E ainda para refletir sobre coisas importantes em sua vida: ler poesia, escrever poesia e entender em que consiste a poesia.

Em um dos ensaios de “A Poesia e a Crítica”, Cicero revela como a leitura de “A Montanha Mágica”, clássico de 1924 de Thomas Mann, foi marcante em sua formação intelectual e emocional.

O lançamento e a sessão de autógrafos serão realizados na Tapera Taperá (Avenida São Luiz, 187, 2.º andar, loja 29, tel. 3151-3797, Galeria Metrópole), a partir das 19 horas. Na ocasião, também haverá um bate-papo com o autor, que também é letrista e autor de sucessos como Fullgás, gravado pela cantora Marina Lima, que é irmã do poeta. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.