Considerado um dos maiores nomes das chanchadas cinematográficas brasileiras, o artista circense paulista Ankito (cujo nome verdadeiro é Anchizes Pinto), de 84 anos, acaba de ganhar sua primeira biografia. Recém-lançada pela Fundação Nacional de Artes (Funarte), Ankito, minha vida… meus humores foi escrita pela atriz Denise Casais Lima Pinto, que há 25 anos é casada com o artista.

“Comecei a escrever a biografia em 1993 e terminei há dois anos. Foi um trabalho árduo, pois foi muito difícil fazer com que Ankito sentasse para me contar suas histórias. Ele é muito inquieto e contava episódios de sua carreira em conversas com amigos e familiares, em meio a outros assuntos quaisquer. Então, anotava tudo a mão e depois pedia para que ele me contasse detalhes”, revela Denise.

A obra contém fotos da carreira e da vida pessoal de Ankito, sendo muitas de seu acervo pessoal. Além disso, apresenta reproduções de cartazes de filmes, depoimentos de fãs, amigos, colegas de trabalho e autoridades, filmografia completa e entrevista exclusiva e atual com o artista. “Quando comecei a escrever, queria apenas prestar uma homenagem a Ankito. Hoje percebo que, com o livro, também estou deixando uma história verídica para a posteridade. No dia do lançamento da biografia (ocorrida no início deste mês), ficamos espantados como existem jovens que são fãs de Ankito e pesquisam sobre sua carreira.”

O livro começa falando sobre a história da família de Ankito, indo para o desenvolvimento da carreira do artista, que pisou no palco pela primeira vez aos quatro anos de idade e trabalhou como acrobata, equilibrista e palhaço. Ao longo da vida, ele viu o aumento da popularidade de muitas salas de teatro, participou de programas de TV e viveu a fase de ouro das chanchadas. Conviveu com muitas bailarinas, músicos, mágicos, vedetes e atores.

“O livro é um depoimento extremamente sincero sobre uma época e uma vivência. Fala de um grande artista popular brasileiro e de uma época muito importante do cinema nacional, o das comédias populares, onde as produções eram constantes e de muito sucesso. O lançamento da biografia coincide com a minha chegada à Funarte e fico muito feliz de poder prestar esta homenagem a Ankito”, declara o presidente da Funarte, Sérgio Mamberti.

Ankito, minha vida… meus humores tem 177 páginas e preço sugerido de R$ 35,00, sendo comercializado pela livraria da Funarte, que atende pelo telefone (21) 2279-8071.