Foto: Divulgação

Um quinteto de sopro se apresenta para 40 professores.

O quinteto formado por Fabrício Ribeiro (Flauta/Curitiba); Mary Rose Kin (Oboé/Coréia do Sul); Jairo Wilkens (Clarinete/Curitiba) Catalina Guevara (Fagote/Costa Rica); e Thomas Hansen (Trompa/Dinamarca/São Paulo), se apresentou-se anteontem para uma platéia de 400 professores da rede municipal de ensino, na solenidade de encerramento do curso de capacitação na Faculdade Metropolitana de Guaramirim (Fameg).

Com a presença do reitor da instituição, Raulino Baldoino, da vice-prefeita de Jaraguá do Sul, Rosemeire Vasel, e do secretário da Educação de Jaraguá do Sul, Anésio Alexandre, a apresentação do quinteto emocionou os expectadores. ?Foi uma linda apresentação. Ainda não tive oportunidade de assistir aos concertos do festival, mas depois de hoje me senti mais motivada?, comentou a professora Maria Aparecida da Silva.

Além de tocar, os músicos apresentaram os instrumentos fagote, flauta, clarinete, oboé e trompa. Com suas semelhanças e diferenças. Para muitos, o assunto era novidade. ?Já tinha ouvido o som de um fagote, mas não imaginava que ele tinha esse formato?, comentou impressionada uma professora.

A apresentação na Fameg faz parte da programação dos concertos sociais que conta com mais de 80 espetáculos itinerantes que vem sendo agendados ao longo do festival. Hospitais, creches, escolas, estabelecimentos comerciais, fábricas e praças se transformaram em espaços alternativos para o FeMuSC. ?Oportunidades únicas de apreciar o que a música tem de melhor?, enfatiza Elizabeth Seraphin, coordenadora do programa.