Malvino Salvador: “Ainda
tenho muito o que aprender”.

Bastam alguns minutos de conversa com Malvino Salvador para perceber o quanto esse novato ator é autocrítico e “pé-no-chão”. Apesar de estar estreando na tevê com um papel de relativo destaque, o “estourado” Tobias de Cabocla, Malvino tem plena consciência de que está dando apenas os primeiros passos na carreira. “Eu erro bastante. Ainda tenho muito o que aprender”, admite o ator, que anteriormente só havia feito o musical Blue Jeans, com direção de Wolf Maia.

Para tentar se aprimorar, Malvino faz questão de se assistir. Como não quer perder nenhum detalhe de sua atuação, ele chegou até a encomendar a uma produtora que gravasse todas as suas cenas. Ele assiste a todas com muita atenção, observando cada gesto, olhar e avaliando se conseguiu transmitir a emoção pedida pela cena. “Isso me dá a noção exata de quanto preciso melhorar”, explica.

Nem mesmo a boa repercussão do personagem junto ao público, principalmente entre as mulheres, influencia a avaliação de Malvino sobre o seu desempenho com ator. Ele sabe que o carinho dos telespectadores não é, necessariamente, sinônimo de uma ótima atuação. “Não sei se alguém chegaria para mim e diria que o meu trabalho está muito ruim”, questiona. Por isso, Malvino recorre ainda a outras formas de aprendizado. Uma delas é observar os experientes colegas de elenco. “Eu me sinto um aluno mesmo. É um privilégio ter contato diário com pessoas que interpretam desde antes de eu nascer”, valoriza o ator de 28 anos. Ele aprecia, por exemplo, o tempo de comédia de Otávio Augusto e a apurada técnica de interpretação de Tony Ramos. Por isso, ele tem procurado absorver um pouco das particularidades de cada um desses “veteranos”.

Mas não é apenas no contato com os mais experientes que Malvino busca aprender. Segundo ele, as inúmeras cenas ao lado de Carolina Kasting, que interpreta a professora Mariquinha, têm contribuído muito para o seu crescimento como ator. “A troca entre a gente é excelente”, valoriza. Esse intenso contato entre os atores aconteceu graças à aproximação dos respectivos personagens, que até se casaram recentemente. O peão Tobias, mesmo ainda “balançado” por Zuca, de Vanessa Giácomo, resolveu se render ao amor de Mariquinha. Essa mudança permitiu a Malvino dar um tom mais maduro a Tobias.

Acaso

Apesar da grande visibilidade do personagem, Malvino garante que não teve nenhum receio em aceitar interpretá-lo. “Minha vontade de fazê-lo era tanta que me deixou muito confiante”, revela. O convite para o teste surgiu de forma inesperada. Um dos produtores de elenco da novela estava procurando um ator para o papel, quando se deparou com a foto de Malvino na parede de uma agência de modelos em São Paulo e viu nele a pessoa ideal para fazer Tobias.