O fim da Copa do Mundo na Rússia, neste domingo (15), foi de emoções dentro e fora de campo. Dentro, a França levou a taça pelos 4 x 2 em cima da Croácia. Fora do campo, para os brasileiros, o comentarista da TV Globo Arnaldo Cezar Coelho anunciou ao vivo a sua aposentadoria das transmissões do futebol. Galvão quase chorou e sinalizou que também pode seguir pelo mesmo caminho e o comentarista Walter Casagrande Júnior se emocionou falando que passou uma Copa inteira “sóbrio”, longe das bebidas e das drogas.

Leia também: Após capotar, motorista ferido é encontrado dormindo no banco de trás do carro

Depois da entrega da taça, entre os vários comentários de finalização das transmissões, Arnaldo pediu a palavra e anunciou: “A vida da gente é feita de fases. Eu tive a minha como árbitro de futebol, cheguei a apitar uma final (de Copa, a de 1982, entre Alemanha e Itália), que é o grande momento da vida de um árbitro. Eu tive minha fase como comentarista em todas as Copas do Mundo que você (Galvão) esteve comigo. E quero dizer que está chegando ao fim dessa fase. Tenho novos projetos, a Rede Globo está de portas abertas, eu sei disso, mas quero descansar um pouco porque é realmente uma vida fatigante. Quero me dedicar um pouco à família e aos meus negócios também”, disse Arnaldo.

“Muito obrigado a todos. Acho que a equipe da Rede Globo, dos pequenos funcionários até os maiores diretores, é uma equipe grandiosa que nos dá segurança e tranquilidade. A Rede Globo me ensinou muita coisa e consegui ensinar muita coisa ao telespectador. Uma nova fase vem aí, tem um momento de renovação que é muito importante. Agradeço a todos que me ajudaram nesta fase”, completou ele, despedindo-se da função que ele mesmo criou, que é a de comentarista de arbitragem.

Sem perder a deixa, Galvão disparou: “Pode isso, Arnaldo? Pode. Você pode fazer o que quiser. Quero te agradecer”. Durante o fim da transmissão da decisão, Galvão ainda afirmou ainda deve negociar como fica sua situação na Globo, não confirmando se deve mesmo se aposentar ou se deixará a função de narrador.

Sóbrio

Pouco antes de Arnaldo anunciar a aposentadoria, Casagrande também fez um comentário emocionado, de que conseguiu passar uma Copa inteira longe das bebidas e das drogas, visto que o comentarista vem há anos lutando contra o vício.

Leia também: Paulo Miklos aceita convite da Tribuna para um bate papo na Praça do Japão

“Essa é a Copa mais importante da minha vida. Eu tive uma proposta quando vim para cá, quando saí do Brasil, que era chegar pela primeira vez numa Copa do Mundo sóbrio, permanecer sóbrio e voltar para a minha casa sóbrio. Então estou muito feliz”, disse Casagrande, arrancando lágrias de Galvão Bueno.

França ganha a Copa do Mundo