SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – A socialite Ângela Bismarchi aproveitou que estava perto da Polícia Federal, em Curitiba, para virar “repórter” do caso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

URGENTE: Advogados pedem a prisão de Sergio Moro!

“Oi, amigos! Coincidentemente estou aqui em Curitiba em frente à Polícia Federal. Não posso passar lá para frente, pois tem um bloqueio aqui do meu lado. Mas está tudo calmo. Lula até agora não passou por aqui”, escreveu a apresentadora, que ainda usou as hashtags “Lava Jato” e “Lava Jato eu Apoio”.

O desembargador Rogério Favreto acatou habeas corpus neste domingo (08) e pediu que Lula fosse libertado imediatamente. Após algumas horas, o desembargador relator do processo do petista, João Pedro Gebran Neto, determinou que a Polícia Federal mantivesse o político preso. Mais tarde, Favreto soltou nova decisão ordenando a libertação do ex-presidente.

A ex-Fazenda apoia a operação especial da Polícia Federal desde o começo, lá em 2014. Na última sexta (6), após a derrota do Brasil, a apresentadora apontou. “Continuo brasileira. Vamos agora, torcer novamente pela Lava Jato. Vamos pelo menos ganhar a luta contra os Corruptos. Se mexam! Vamos nos unir numa só voz. ‘Pra frente Brasil’! #copa #prafrentebrasil #moro #lavajato”.