O “supermacho” australiano Paul Hogan, famoso pela série “Crocodilo Dundee”, fingirá ser homossexual para ter direito a um abatimento nos impostos em “Strange bedfellows”, dirigido por Dean Murphy. “É o roteiro mais divertido que recebi nos últimos anos”, declarou Hogan, que completará 64 anos em outubro. “É também o primeiro em que não pretendo acrescentar diálogos, como tenho feito em toda a minha carreira”.

Para conseguir uma redução tributária, Hogan e Michael Caton terão de provar a um fiscal da Receita que são um autêntico casal gay, ao mesmo tempo em que tentam evitar que os vizinhos, que sabem que ambos são heterossexuais, não os delatem sem perceber.