A atriz Josephine Gillan, que dá vida à prostituta Marei na série Game of Thrones, fez uma revelação surpreendente. Num depoimento franco e sem filtro Josephine confessou que ganhava a vida fazendo programas sexuais antes de ser convidada para viver o papel na série de grande sucesso.

“Eu estava trabalhando como prostituta e ao mesmo tempo fazendo filmes pornográficos, usando o nome Sophie O’Brien, quando eu vi um anúncio em um site para atrizes na indústria do cinema. Eles procuravam por mulheres jovens com seios naturais, sem tatuagens e que não se importassem em filmar nuas”, disse Josephine ao diário britânico Daily Mail.

Quando ela viu o anúnciou, decidiu se inscrever. “Eles escreveram de volta dizendo que me queriam e eu fiquei emocionada porque era uma oportunidade incrível. Mas eu não tinha ideia de o quanto isso mudaria minha vida”. A atriz também contou que já fez filmes pornôs, foi abusada na infância e que era viciada em drogas.

A vida de Josephine pode muito bem inspirar um filme com cores tão fortes quanto a série Games of Thrones. Na infância, seus pais adotivos a viciaram em álcool, drogas e permitiram que um amigo da família aliciasse Josephine sexualmente.

“Eles me colocaram em uma casa onde eu era aliciada por um amigo da família que me dava maconha e álcool quando eu tinha 12 anos e me viciou em cocaína quando eu tinha 14. Ele me estuprou dois anos depois e me prostituiu para seus amigos”, narrou a atriz.

Agressor fazia constantes ameaças de morte 

Foto: Reprodução/Instagram

Para manter Josephine de boca fechada, o agrassor fazia constantes ameaças. Segundo ela, ele a ameaçava de morte e prometia enterrá-la no jardim caso fosse delatado.

Josephine está atualmente com 27 anos e comemora a participação na série Games of Thrones, acreditando que esta será a grande virada da sua vida, já que teve a oportunidade de deixar a vida de prostituição. Todo mundo torce por ela.