A atriz Elizabeth Taylor, de 76 anos, está internada em estado grave num hospital de Los Angeles desde o dia 15 de julho, informou ontem a versão online do jornal inglês Daily Mail.

Segundo a publicação, ela chegou respirar com a ajuda de aparelhos depois de sofrer uma parada cardíaca. O estado de saúde da estrela se deteriorou na semana passada, quando ela foi diagnosticada com pneumonia.

Segundo o jornal americano National Enquirer, na semana passada os filhos de Taylor estavam a seu lado no hospital e os médicos estavam preocupados com seu estado de saúde, uma vez que ela podia não sobreviver.

Mas no dia seguinte à internação, que ocorreu no dia 15 de julho, ela melhorou e não precisou mais de se submeter à respiração artificial. Uma fonte revelou ao jornal: “Os médicos chegaram a pensar que ela estava morrendo. Ela ainda está muito doente, mas ela pode ultrapassar essa crise”.

Taylor, mãe de três filhos e que adotou um com Richard Burton, deu entrada no hospital depois que uma gripe virou uma forte pneumonia. A atriz, que se casou e se divorciou oito vezes, sofre de muitas doenças.

Ela tem diabetes e problemas de coração e teve um tumor benigno no cérebro, retirado em 2007. Ela anda em cadeiras de rodas por conta da osteoporose. Mas ultimamente ela lutou muito para ter sua saúde de volta, conquistando sensível melhora. Tanto que sugeriram que ela poderia até voltar a fazer filmes em Hollywood.

Em 2006, ela foi ao talk show de Larry King na rede de TV CNN para negar os rumores de que sofreria de mal de Alzheimer e estaria perto da morte. No ano passado, Liz foi fotografada nadando com tubarões na costa do Havaí.