Susana Werner, que é casada com Júlio César, goleiro da seleção brasileira, foi assaltada em Fortaleza. A atriz viajou para a capital do Ceará para assistir à partida entre Brasil e México pela Copa das Confederações, foi ameaça por três homens e na mira de um revólver ela entregou a aliança e bolsa, com documentos e celular. Ela estava com uma amiga e o pai, que foram poupados. Os bandidos saíram correndo.

Ontem, Susana contou no Twitter como foi o assalto e afirmou que teve uma arma apontada para ela. “Um simples oi, tá tudo bem! Foi um assalto normal, como todos que já ouvi falar”, escreveu a atriz, acrescentando que foi a primeira vez que foi assaltada. “Mas estava devidamente preparada a não reagir”, contou.

“Não foi tão tarde, era quase meia-noite. Os bandidos eram bem jovens e só queriam os pertences. Não teve nenhum ato agressivo, apenas arma apontada pra gente. Disse para levarem tudo, até o carro, mas eles nos deixaram seguir. Enfim, vida que segue. Eu amo o Brasil e tenho fé. Poderia ter sido com qualquer pessoa, os 3 estavam no meio da rua, esperando qualquer carro, o primeiro que passasse por ali. Fui premiada. Beijos e fiquem com Deus”, afirmou, contando que tudo aconteceu na Avenida Virgílio Távora.

Furto no hotel

Seis jogadores da seleção espanhola tiveram dinheiro furtado no hotel em que ficaram hospedados no Recife, local de sua estreia na Copa das Confederações no último domingo. O prejuízo dos atletas estaria em torno de mil euros.