A Globo está reduzindo seu quadro de autores e diretores contratados. A ideia é cortar custos onde for possível e, com isso, alguns profissionais começam a trabalhar com vínculos por obra, como já estava acontecendo com muitos dos atores da casa. Um dos diretores que vai trabalhar desta forma agora é Jayme Monjardim.

Por sua vez, Wolf Maya, que queria se dedicar a projetos fora da emissora, não perdeu o contrato, mas este foi “pausado” e, durante esse período, o diretor fica sem receber salário, como uma licença não-remunerada. Até o escrito Lauro César Muniz, contratado pela emissora recentemente, foi dispensado até que alguma sinopse sua entre em produção.