musicaclassica02080707.jpgA partir dia 10 de julho, o CCBB – Centro Cultural Banco do Brasil – Rio, apresenta o projeto Pianíssimo. Uma série de concertos para dois pianos, onde jovens talentos da música clássica executam peças de Beethoven, Mozart, Chopin, Tchaikovsky, entre outros.

A música em geral vive um período de crise, precisando se reinventar para acompanhar as mudanças do mercado, mas em 2005, o site da BBC de Londres fez um teste, permitindo o download de um concerto de Bethoween gravado pela emissora, quando cerca de 1,4 milhão de internautas baixaram o material. Como essas operações virtuais são normalmente realizadas por jovens, foi surpreendente o número de pessoas que na era da música eletrônica, ainda se interessam por música clássica.

Para a série Pianíssimo, foram selecionados artistas bastante jovens e peças célebres para que o público possa conferir que a música clássica mantém o seu apelo e o seu espaço.

Beethoven, Mozart, Chopin são nomes conhecidos por todos, mas infelizmente, poucos tiveram a oportunidade de assistir a um concerto ao vivo. Por isso, o CCBB e a Dellarte trazem as mais famosas obras desses compositores a preços populares, para que o público possa conferir e aprender um pouco mais sobre os importantes mestres da música.

Com formato consagrado na Europa, concertos com versão para dois pianos, a série Pianíssimo reúne oito obras da literatura pianística mundial vertidas para dois instrumentos pelo mineiro Flávio Augusto.

Premiado dentro e fora do País, Flávio foi o primeiro brasileiro a vencer o Concurso Internacional de Piano Villa-Lobos e hoje é tido como um de nossos melhores cameristas. Para acompanhá-lo nos concertos, pianistas jovens que despontam inclusive no cenário musical além-fronteiras.

Músicos convidados

Pablo Catalão tem apenas 13 anos. Em 2004 participou do programa Globo Repórter, da Rede Globo sobre crianças de talento. Em 2005, chamou a atenção da professora Myrian Dauelsberg, que o aceitou em sua classe. Pablo vem realizando recitais, programas de rádio e apresentações como o concerto no 6.º Festival de Inverno de Petrópolis. Em 2006, Pablo Catalão foi convidado pelo maestro João Carlos Martins para se apresentar como solista do Concerto N.º 27 de Mozart com a Bachiana Chamber Orchestra em São Paulo, Porto Alegre e Belo Horizonte.

Pianíssimo

Versão orquestral: pianista Flávio Augusto; Local: Teatro II – Rua: 1.º de março n.º 66 Centro. Horários: 12h30 e 18h30. Ingressos: R$ 6,00 e meia entrada para estudantes, maiores de 65 anos e clientes do Banco do Brasil.