Foto: Divulgação

Maria Bethânia com os troféus.

Maria Bethânia foi a grande vencedora do 4.º Prêmio TIM de Música, entregue na noite da última terça-feira, no Teatro Municipal do Rio de Janeiro. Bethânia levou para casa, na categoria MPB, os prêmios de melhor disco e melhor cantora por Que falta você me faz, e melhor DVD por Tempo tempo tempo tempo. A cerimônia de entrega do prêmio foi um daqueles momentos em que você sente orgulho da riqueza musical brasileira e esquece momentaneamente os demais problemas.

Acompanhando a premiação é possível lembrar que o Brasil é um País de pessoas talentosas e que fazem trabalhos que encantam gerações. Prova disso foi o homenageado desta edição, o cantor Jair Rodrigues que, da platéia, ouviu vários cantores o homenageando com canções de seu repertório. Inclusive seus filhos, Luciana Mello, que cantou com Toni Garrido Quem te viu quem te vê, e Jair de Oliveira, o Jairzinho, que fez dueto com Simoninha na música Fica mal com Deus. Muito emocionado, Jair Rodrigues agradeceu: ?quando se crê em Deus como eu creio, tudo fica mais simples e fácil. Quero agradecer a todos por estarem aqui e pelas homenagens, e dizer que esse é o dia mais feliz da minha vida?.

Jair foi aplaudido de pé e subiu ao palco para cantar Quando eu me chamar saudade, de Nelson Cavaquinho, e depois mandou o pot-pourri que fazia com Elis Regina na década de 60, quando os dois dividiam o programa Fino da Bossa. E, finalmente, para um dueto com, nada mais nade menos que Elis Regina, pelo telão em Upa neguinho. Para mais uma homenagem, Lulu Santos preparou uma versão funk animadíssima da música que consagrou Jair Rodrigues, Deixa isso pra lá, e encantou a platéia. Lulu estava acompanhado de 50 dançarinos, com idade entre 5 e 70 anos, vindos de um centro cultural do Rio.

O Prêmio TIM de Música se diferencia por reconhecer e premiar novos talentos, e por deixar que o público participe votando em um cantor e uma cantora de sua preferência. E o voto popular elegeu Jorge Vercilo e Daniela Mercury, como melhor cantor e cantora, respectivamente.

Outros destaques da premiação foram Kleiton e Kledir, que venceram na categoria Melhor Disco de Canção Popular; Roberto Carlos, com o prêmio de Melhor Cantor de Canção Popular; Gil, como Melhor Cantora de Canção Popular; Ney Matogrosso, que venceu na categoria Melhor Cantor de MPB; Zélia Duncan, que levou dois prêmios: Melhor Cantora de Pop/Rock e Melhor Disco; Elba Ramalho e Dominguinhos, como Melhor Dupla de Música Regional; Zeca Pagodinho, com Melhor Disco de Samba e Melhor Cantor de Samba; e Alcione, Melhor Cantora de Samba.